James Rollins * A Colónia do Diabo

Data Início: 21-08-2014 
Data Fim: 29-08-2014

AutorJames Rollins
Título: A Colónia do Diabo
Editora: Bertrand Editora
ISBN: 9789722524834
N. Páginas: 496

Sinopse:
Ao fundo das Montanhas Rochosas, a terrível descoberta de centenas de corpos mumificados desperta a atenção internacional e provoca uma acesa controvérsia. Apesar das dúvidas quanto à origem desses corpos, a comissão local da Herança Nativa Americana reivindica os restos mortais préhistóricos, assim como os estranhos artefactos encontrados na mesma gruta: placas de ouro gravadas com uma escrita desconhecida. No decorrer de uma manifestação no local da escavação, uma antropóloga tem uma morte horrível e é reduzida a cinzas numa violenta explosão à vista das câmaras de televisão. Todas as provas apontam para um grupo radical de nativos americanos, do qual faz parte uma jovem militante que consegue escapar com algumas dessas valiosas placas. Perseguida, ela pede ajuda à única pessoa que poderá ajudála: o seu tio, Painter Crowe, diretor da Força Sigma. Para ajudar a sobrinha e descobrir a verdade, Painter dá início a uma guerra entre as mais poderosas agências de espionagem do país. Surge contudo uma ameaça ainda maior quando uma assustadora reação em cadeia nas Montanhas Rochosas provoca uma catástrofe geológica que põe em perigo a metade ocidental dos E.U.A. Painter Crowe une forças com o comandante Gray Pierce para desvendar os segredos de uma sombria cabala que manipula a história americana desde a fundação das treze colónias. Mas conseguirá Painter descobrir a verdade – e causar a queda de governos – antes que tudo o que lhe é caro seja destruído? 

Comentário:
Acho que li este livro numa altura desadequada ao mesmo. Apesar de lhe reconhecer imensa qualidade, achei o livro com demasiado enredo, demasiados personagens, demasiadas mortes, demasiadas reviravoltas. Senti muitas vezes que andava à deriva para depois conseguir ter pé, para depois ficar logo à deriva outra vez... Mas é como digo, a altura em que o li não deve ter sido a melhor, precisava de não ter a cabeça tão cansada...

Tudo começa quando um jovem índio e um seu amigo decidem procurar o tesouro dos seus antepassados escondidos há muitos anos. De facto descobrem o grande tesouro e grande segredo, mas estão longe de perceber as repercussões que tal acto irá ter a nível mundial! 
Numa tentativa de proteger o tesouro e o Mundo, o avô deste jovem índio mata-o e mata-se a si próprio, sem saber da existência do seu amigo. 
Depressa a notícia se espalha e a cobiça humana faz com que removam parte do tesouro da gruta. É então desencadeada uma explosão de nanoninhos (até aí controlados pelo ouro), partículas que a cientistas especializados em nanotecnologia estudam mas ainda não dominam. Estes nanoninhos elevam a temperatura da terra a tal ordem que provocam a erupção de vulcões e a corrosão do interior da própria terra. 
Cabe à equipa especializada da Sigma, agência governamental, controlar e evitar o fim do Mundo. Mas têm que lutar contra este fenómeno ao mesmo tempo que lutam contra um inimigo, a Confraria que se quer apoderar do tesouro alegadamente escondido pelos primeiros povos índios entretanto extintos.

É um livro que demonstra um grande trabalho de investigação e onde se aprende muito sobre nanotecnologia, um conceito muito vago para mim até agora. Mas como referi no início, achei que peca por excesso. Tive até que fazer uma lista dos personagens, nomes e funções quando ia por volta da página 80 porque já não me entendia... 
Não quero com isto tirar a vontade de ler o livro a ninguém porque o considero um bom livro de qualquer forma!

Classificação: 7,5/10

Sem comentários: