Isabel Allende * A Cidade dos Deuses Selvagens


Data Início: 16-08-2012
Data Fim: 22-08-2012

Autor: Isabel Allende
Título: A Cidade dos Deuses Selvagens
Editora: Círculo de Leitores
ISBN: 9789724227847

Sinopse:
Alexander Cold embarca com a sua temerária avó numa perigosa expedição da International Geographic ao Amazonas. A sua missão e a dos seus companheiros de viagem - um célebre antropólogo, um guia local e a sua filha, Nádia, e uma médica - é capturar o lendário Abominável Homem da Selva, mais conhecido como "a Besta".
No mundo oculto da impenetrável selva tropical, Alexander descobre muito mais do que imaginara. Coma força do jaguar e da águia, guias espirituais de Alex e Nádia, os dois jovens deixam-se conduzir pelo invisível Povo da Neblina numa apaixonante e inesquecível aventura, e encaminham o leitor numa viagem por um território misterioso, onde se esbatem os limites entre a realidade e o sonho, onde homens e deuses se confundem, onde os espíritos andam de mão dada com os vivos.

Comentário
Há determinados livros que ou se amam ou se odeiam. E, devido ao tema deste primeiro livro da triologia de Isabel Allende, é um deles. Sempre gostei de livros de fantasia (Marion Zimmer Bradley, Juliet Marillier) e adoro a forma de escrever da Isabel Allende, por isso estes livros fizeram a minha delicia há muitos anos atrás e não me desiludiram nesta releitura!

Alexander Cold vê-se no meio de uma aventura com a sua avó Kate na selva Amazónica, pois a sua mãe está muito doente e precisa de fazer tratamento longe de casa.
Alexander vai descobrir que afinal é muito mais forte e muito mais corajoso do que alguma vez pensou e, juntamente com Nádia (filha do guia) vão viver a aventura das suas vidas, ao serem aceites e respeitados no seio da tribo de indíos designados Povo da Neblina, por terem a capacidade de se tornarem invisiveis. Para salvarem esta tribo irão ao território de "A Besta", assim designada pelo seu tamanho, ferocidade e cheiro. E é precisamente por causa deste ser misterioso que a avó de Alex está na selva amazónica, juntamente com a sua equipa, para efectuar uma reportagem para a revista International Geographic.
Alex e Nádia vão descobrir que afinal os invasores e os ferozes não são os habitantes da selva, mas sim quem dela se tenta aproveitar!

Adoro esta história e adoro as descrições da selva amazónica! Muitas das vezes senti-me transportada para lá, vivi aquele ambiente. E é esta magia que eu admiro em Isabel Allende.

Classificação: 8,5/10

Sem comentários: