Opinião... Sveva Casati Modignani * A Vinha do Anjo

Data Início: 24-09-2015
Data Fim: 29-09-2015

AutorSveva Casati Modignani
Título: A Vinha do Anjo
Editora: Porto Editora
ISBN9789720047755
N. Páginas: 384

Sinopse:
A vinha de Angelica conta-nos a história envolvente de uma família e de uma tradição milenar, o retrato de uma protagonista fascinante no qual se reveem muitas das mulheres empreendedoras e corajosas que anonimamente constroem as nossas sociedades.
Longas filas de videiras estendem-se pelas colinas suaves de Borgofranco. Há dois séculos que a família Brugliani é proprietária daquele antigo burgo e das vinhas, tratadas com paciência para delas extrair vinhos preciosos e únicos. Aos 35 anos, Angelica é a herdeira da tradição e do património familiar. Mãe, esposa, empresária de sucesso: tudo parece perfeito na sua vida. Só ela sabe que por detrás daquela fachada se esconde um mundo sombrio, feita de mentiras – as do marido – e de sonhos pueris.
Uma noite, em que conduzia sua moto e sentindo-se dominada pela amargura e pelas lágrimas, Angelica não se apercebe de que o carro à sua frente está a travar. O choque é violento, mas felizmente sem consequências graves, quer para ela, quer para o condutor do automóvel, Tancredi D’Azaro. Angelica não sabe ainda que aquele homem é um dos chefs mais aclamados em todo o mundo. E ambos ignoram que, depois daquele encontro fugaz, o destino voltará a entrelaçar os seus caminhos, suscitando a tentação de um novo começo. É então tempo de fazer escolhas, tendo em conta o peso do passado e as responsabilidades do presente - porque a vida é feita de sonhos e paixões.

Comentário:
Este livro foi uma lufada de ar fresco e não podia ter surgido em melhor altura, já que andava meio emperrada nas minhas leituras (os clássicos que li deixaram-me cansada...). Tenho todos os livros de Sveva editados em Portugal e já os li todos. Confesso que os últimos me deixaram com uma sensação de mais do mesmo, porque o registo deles é similar, mas este "A Vinha do Anjo" voltou a surpreender-me e a oferecer-me horas de leitura agradável. 

Gosto particularmente da estrutura do livro, que se inicia com a história presente de Angélica, uma mulher forte, dona de um império vinícola, que enfrenta uma crise no seu casamento, por ter descoberto que o seu marido a trai. Mas no decorrer das páginas, vamos voltar ao passado e perceber o que foi a vida de Angélica até chegar ao momento presente, da mesma forma que vamos entender o passado de Rafaello, o seu marido, e de Tancredi, o chef famoso por que Angélica se deixa maravilhar (adorei particularmente esta parte do livro. A infância de Tancredi, o seu despertar para o gosto de cozinhar, adorei!).

Toda a envolvente da vindima, da produção dos vinhos e a sua distribuição contribuíram igualmente para a dinâmica do livro que não tem momentos parados nem entediantes. Depois as histórias secundárias, como a peculiar relação dos pais de Angélica, os problemas da sua filha adolescente a descobrir o amor e o corpo, ou a história do seu irmão Luigi com uma aluna, todas elas complementam o livro.

Acima de tudo gostei das viagens ao passado de cada uma das personagens, que tornou a história central muito mais rica! Os enredos, os pormenores das personagens estão muito bem delineados e o culminar da história faz todo o sentido, mesmo que possa ter parecido um pouco inesperado, quando paro para pensar sobre o assunto, faz todo o sentido e a frase que o remata (para quem já leu, aquela que fala da perfeição, quando Angélica conversa com a mãe), é brilhante! São várias peças do puzzle que se vão encaixando e que terminam num quadro perfeito.

Classificação: 8,5/10

2 comentários:

ℒιℓιαηα ღ disse...

Estou tão curiosa com este livro.... Já li quase tudo dela e tenho adorado tudo <3

Maria João disse...

Eu tenho lido quase tudo também, mas confesso que cheguei a uma altura e fiquei um pouco cansada da escrita dela. Mas os últimos livros têm-se revelado excelentes surpresas!