Matthew Dick * Memórias de um Amigo Imaginário

Data Início: 19-02-2014 
Data Fim: 22-02-2014

AutorMatthew Dick
Título: Memórias de um Amigo Imaginário
Editora: Planeta
ISBN: 9789896573331
N. Páginas: 328

Sinopse:
«O meu nome é Budo. Existo há cinco anos. Cinco anos é muito tempo para alguém como eu. Foi Max quem me deu o nome. Max tem oito anos. Max é o único ser humano que consegue ver-me. Sei aquilo que Max sabe e algumas coisas que não sabe. Sei que Max corre perigo. E sei que sou o único que pode salvá-lo." Uma calorosa história de amor, lealdade e poder de imaginação; um romance perfeito para quem já teve um amigo - verdadeiro ou não.»  

Comentário:
Ao finalizar esta leitura pergunto-me como é possível um livro com uma escrita tão simples e tão pura transmitir uma infinidade de sentimentos?

"Memórias de um Amigo Imaginário" conta-nos a história de Budo, um amigo imaginário de um menino autista. Na sua simplicidade e inocência, Budo mostra-nos como é este menino especial, que é feliz sózinho e que precisa, acima de tudo, de rotina. Tudo se complica quando Max, o amigo humano de Budo é raptado por uma professora da escola onde anda, que tinha perdido um bebé.

Achei fantástica a capacidade de Matthew Dick de nos transmitir uma história completa sem relatar tudo, como é o caso das razões que levaram a professora a raptar Max ou como foi possível Max acompanhar esta professora e aceitar alterações às suas rotinas.
A escrita é muito simples, porque a voz é de Budo, tão inocente como Max. Ainda assim é repleta de consciência e de sabedoria. A mim, que não conheço muito sobre meninos autistas, deu-me a conhecer inúmeros factos que desconhecia. Apenas por isso já teria valida a pena ler o livro. Mas vale a pena por muito mais que isso! Gostei muito.

Classificação: 8,5/10

Sem comentários: