Sveva Casati Modignani * O Barão

Data Início: 01-01-2014 
Data Fim: 09-01-2014

AutorSveva Casati Modignani
Título: O Barão
Editora: Porto Editora
ISBN: 9789720044495
N. Páginas: 512

Sinopse:
Bruno Brian di Monreale, o Barão, como é conhecido, é o último descendente de uma antiga e nobre família siciliana. Bruno cresce na Califórnia, com um pai severo e distante e uma mãe dividida entre um casamento precipitado, onde não existe amor, e uma paixão deixada na sua Sicília longínqua. No entanto, são as raízes sicilianas que levam Bruno a regressar à sua ilha natal, ao seu avô, um velho aristocrata e a Calò, o padrinho sempre presente. Serão estas duas figuras que lhe irão transmitir o saber ancestral das velhas famílias e da sua ética e código de justiça.

Bruno di Monreale envolve-se nos negócios do petróleo e das grandes multinacionais, tornando-se num homem poderoso e fascinante. Os amores inconsequentes e os casos fortuitos sucedem-se na sua vida glamorosa mas dominada pela insatisfação, até que se cruza com Karin, uma mulher reservada e misteriosa. Karin revelar-se-á o desafio por que Bruno ansiava e vai trazer-lhe o equilíbrio há tanto desejado.

Em O Barão, um dos primeiros romances da autora, Sveva Casati Modignani revela-nos os meandros de uma sociedade disposta a tudo para manter os seus privilégios, criando um mosaico de personagens vibrantes.
 

Comentário:
Na minha opinião, Sveva superou-se neste livro que é muito mais que um romance. A trama política é muito forte e aborda temas de conflito entre árabes e ocidentais na sua luta pelas riquezas de África, um tema tão sensível quanto actual.

Bruno Brian é um herdeiro de duas riquezas tão diferentes quanto as suas origens. A sua mãe Annalisa é italiana, mais precisamente siciliana, e o seu avô é O Barão di Monreale, estimado e importante figura na sua região. O seu pai Philip é americano, filho de boas e abastadas familias. Mas o grande amor da sua mãe não é este americano que um dia a deslumbrou, mas sim Caló, um jovem abandonado que o Barão acolheu e que se tornou quase um filho. Muita coisa aconteceu e Bruno teve a infelicidade de assistir a muitos episódios que, apesar de ninguém saber, lhe moldaram a personalidade e o tornaram naquilo que é hoje. E hoje, Bruno alia-se ao rei de Burwhana, um pequeno território em África, desejado por muitos devido às suas riquezas naturais. Bruno tem mais coisas que o motivam nesta aliança, mas que são desconhecidas de quase todos.

Gostei muito do livro, das personagens ricas, da forma de agir de Bruno e das suas influências, da candura da sua mãe Annalisa. Gostei igualmente da personagem de Caló, aparentemente calado e secundário, mas que afinal é um pilar na vida do Barão.

Classificação: 8/10

Sem comentários: